segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Saudade

Enquanto uma tenta fazer com que a cachorrinha coma o alface do lanche dela, a outra:
- Ela tá achando que é a Encantadora de Cachorros.

E ela, a que come, come devagar.
E diz:
- Dá licença pra eu comer no meu ritmo?

Na hora do sorvete, chegam todas.
Cada uma com um pote.
E a primeira:
- Isso porque hoje de manhã eu tava de regime...

Os papos são estranhos.
As risadas são estranhas.
E as poses são estranhas.

"Olha que sertanejão".
"Teria dado nojo".
"Eu tenho 30 anos, não tenho ninguém".
"Sua enxaqueca é com aura?"
"Porque ela fala boate, baile, não balada."
"Que que ela falou, cara? Não entendi nada."


E era disso que eu tava com saudades.
Disso.

3 comentários: